Highslide for Wordpress Plugin

Saúde

11 de setembro de 2018

Equipes da ESF orientam sobre câncer de cólon e reto durante o Setembro Verde

As equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF) de Extrema estão mobilizadas nas ações do Setembro Verde. Até a próxima sexta-feira (14), os homens e mulheres com idades entre 50 e 75 anos são convidados a participar da mobilização, que visa a prevenção e o combate ao câncer de cólon e reto. Para participar da campanha, compareça a Unidade Básica de Saúde (UBS) do seu bairro, realize sua consulta e solicite exames preventivos. A campanha de combate ao câncer colorretal acontece na Semana do Idoso. São disponibilizados exames laboratoriais e de imagem para população alvo, assim como garantia do diagnóstico e tratamento, além de palestras, rodas de conversa, dia de beleza e atividades diversas com os pacientes.

Mais comum dos 50 aos 75 anos, esse tipo de câncer atinge a parte final do tubo digestivo, entre o intestino delgado e o ânus. O intestino grosso é dividido em cólon e reto. A maioria dos tumores se origina a partir de pequenas lesões chamadas pólipos adenomatosos. Apesar de benignos, são considerados precursores dos carcinomas colorretais. Portanto, uma das maneiras mais eficazes de evitar o aparecimento de câncer é a remoção dos pólipos por meio de colonoscopia, exame disponibilizado pela Prefeitura de Extrema. Boa parte dos casos apresenta bom prognóstico se a lesão for detectada e tratada precocemente.

O processo que leva à formação de um carcinoma colorretal demora vários anos e, durante grande parte dessa evolução, pode ser assintomático, ou seja, sem sintoma algum. Somente quando o tumor progride é que os sintomas tornam-se frequentes, podendo incluir alteração do ritmo intestinal, dores abdominais, presença de sangue (visível) nas fezes e dor ao evacuar.