Highslide for Wordpress Plugin

Conservador das Águas

26 de dezembro de 2017

Equipe de filmagem da Alemanha grava em Extrema para apresentar no 8º Fórum Mundial da Água

A Prefeitura de Extrema, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, acompanhou equipe de consultoria independente da GIZ e KfW / Cooperação Brasil-Alemanha  que veio até o Projeto Conservador das Águas para produzir um documentário sobre o tema “Florestas e Água”que será exibido no 8º Fórum Mundial da Água* , em Brasília 2018. http://www.worldwaterforum8.org/.

A obra cinematográfica conta com cenas gravadas no “Conservador das Águas” em Extrema-MG, INPE, CEMADEN, INPA-Manaus entre outros e visa chamar a atenção do público em geral para a escassez de água, suas causas e soluções “naturais” encontradas (como cuidar das florestas).

Além das filmagens realizadas na sede do Projeto Conservador das Águas, plantio com as crianças da escola municipal rural do bairro do Salto “Alcebíades Gilli” e entrevista com produtor rural, representantes da Secretaria de Meio Ambiente e da Secretaria de Educação realizaram visita no INPE – Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais em São José dos Campos-SP, para conhecer o trabalho realizado pelos cientistas no monitoramento de queimadas e incêndios e filmar cenas que irão compor o longa-metragem.

*O Fórum Mundial da Água é o maior evento global sobre o tema água e é organizado pelo Conselho Mundial da Água, uma organização internacional que reúne interessados no assunto e tem como missão “promover a conscientização, construir compromissos políticos e provocar ações em temas críticos relacionados à água para facilitar a sua conservação, proteção, desenvolvimento, planejamento, gestão e uso eficiente, em todas as dimensões, com base na sustentabilidade ambiental, para o benefício de toda a vida na terra”. O Fórum é organizado a cada três anos pelo Conselho Mundial da Água juntamente com o país e a cidade anfitriã. Ao todo, já ocorreram sete edições do evento em sete países de quatro continentes: África, América, Ásia e Europa. Em 2014, a candidatura do Brasil foi selecionada, e Brasília foi escolhida como cidade-sede do evento. Desse modo, o Brasil receberá, em 2018, a 8ª edição do Fórum, e o evento ocorrerá pela primeira vez no Hemisfério Sul.