Highslide for Wordpress Plugin

Saúde

6 de setembro de 2018

Atenção primária implanta projetos para melhorar atendimento na saúde

Melhorar o atendimento aos cidadãos nem sempre significa fazer gastos vultosos, grandes obras ou reestruturações profundas. Com ações simples e eficazes, é possível gerir melhor os serviços públicos. Exemplo disso vem da Secretaria de Saúde de Extrema, que implantou recentemente dois projetos que já dão resultado nas unidades básicas de saúde (UBSs).

O primeiro projeto, o “Organiza saúde”, é uma iniciativa da atenção primária que tem como objetivo diminuir o número de faltas nas consultas com especialistas. Ele funciona assim: no ato do agendamento, o paciente responde a um pequeno questionário, garantindo que está ciente da data e horário da consulta e que poderá estar presente nesse dia. Junto com esse questionário, foi disponibilizado um número de WhatsApp (35 9 8722-7693) para cancelamentos e reagendamentos de consultas. As consultas só serão remarcadas com 48 horas de antecedência.

O projeto está funcionando desde 1º de agosto, em todas as unidades, com uma resposta muito positiva da população. A iniciativa está recebendo elogios pela melhora que proporcionou no atendimento. Com esse projeto, a atenção primária também procura conhecer as dificuldades da população em comparecer às consultas e agilizar a liberação de vagas.

Outro projeto exitoso é o “Agente acolhedor”, também uma iniciativa da atenção primária que tem o objetivo de melhorar o fluxo das recepções das unidades e melhorar o atendimento e acolhimento da população. Ele está em prática desde julho e também tem sido elogiado. O projeto consiste, basicamente, em disponibilizar dois agentes de saúde nas portas das unidades nos horários de pico, para que eles possam receber a população de forma mais amigável e esclarecer dúvidas rapidamente.